transtorno afetivo bipolar

Sintomas do transtorno afetivo bipolar

O Transtorno Afetivo Bipolar (TAB) é uma doença caracterizada por acontecimentos repetitivos, nos quais os níveis de atividade e o humor do paciente estão evidentemente perturbados. 

Essa mudança ocorre em algumas situações de elevação do humor e aumento de atividade e energia e, nas demais, abatimento do humor e redução de atividade e energia, variando entre a hipomania ou mania e a depressão.

Cerca de 1,6% da população geral é afetada por essa doença e a ocorrência entre os gêneros é semelhante. Além disso, a idade inicial é entre 20 e 40 anos.

Normalmente, o começo dos episódios de hipomania é repentino e tem duração de 2 semanas até 5 meses. Já os episódios depressivos possuem uma duração maior: 6 meses em média. No entanto, dificilmente perduram por mais de um ano.

Depois do primeiro episódio de hipomania, existe um grande risco — em torno de 90% de chance — do paciente ter um novo episódio em algum período da vida.

Em relação aos pacientes acometidos por episódios depressivos, existe a possibilidade de 5 a 15% de que sejam, de fato, bipolares.

Sintomas do Transtorno Afetivo Bipolar

O Transtorno Afetivo Bipolar, normalmente, acomete pessoas com menos de 30 anos, que têm uma tendência genética.

Veja os principais sintomas da doença:

Depressão

  • Humor deprimido e tristeza profunda;
  • Apatia e desinteresse pelas atividades que antes davam prazer
  • Isolamento social e alterações no sono e no apetite;
  • Redução da libido e dificuldade de concentração;
  • Cansaço e sentimentos recorrentes de inutilidade;
  • Culpa excessiva;
  • Frustração e falta de sentido para a vida;
  • Ideias suicidas e esquecimentos.

Mania

  • Estado de euforia exuberante; 
  • Autoestima e autoconfianças elevados;
  • Pouca necessidade de dormir e agitação psicomotora;
  • Desvio de atenção e descontrole em coordenar idéias;
  • Compulsão para falar e aumento da libido;
  • Irritabilidade e impaciência crescentes;
  • Comportamento agressivo e mania de grandeza.

Nessa fase, o paciente pode adotar atitudes que causarão prejuízos a si próprio e às pessoas mais próximas, como gastos descontrolados de dinheiro, demissão do emprego, envolvimentos afetivos muito rápidos, atividade sexual extensa e em casos mais avançados, alucinações e delírios.

Hipomania

Os sintomas são bem parecidos com os da mania, entretanto, bem mais leves e com consequências menores sobre as atividades e relacionamentos do paciente — que se torna mais eufórico, falante, sociável e ativo do que o normal.

Geralmente, a crise é curta, durando apenas alguns dias, porém, para fins de diagnóstico, é necessário assegurar que a reação não foi motivada pelo uso de antidepressivos.

Tipos de transtornos bipolar

O transtorno bipolaré um distúrbio complexo psiquiátrico que requer atenção e é divido em quarto tipos. São eles:

Transtorno bipolar I

Determinado por episódios maníacos que perduram por pelo menos 7 dias, ou por sintomas maníacos que são tão preocupantes que a pessoa necessita de cuidados hospitalares urgentes.

No entanto, normalmente, episódios depressivos também acontecem.

Transtorno bipolar II

Determinado por um padrão de episódios depressivos e episódios hipomaníacos, diferente dos episódios maníacos citado acima.

Desordem ciclotímica (ciclotimia)

Determinada por inúmeros períodos de sintomas hipomaníacos, tal como numerosos períodos de sintomas depressivos de pelo menos 2 anos (1 ano em crianças e adolescentes). Todavia, os sintomas não atendem às condições de diagnósticos para um episódio depressivo ou hipomaníaco.

Outros transtornos bipolares relacionados especificados e não especificados

Determinados por sintomas de transtorno bipolar afetivo que não correspondem às três categorias listadas acima.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em Porto Alegre!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp